terça-feira, 21 de junho de 2011

Teatro de Rua

O teatro de rua, uma das manifestações mais antigas de cultura popular, traz na bagagem séculos de história. Além de ser uma forma de arte democrática, onde é permitido comer e beber durante o espetáculo, sair no meio e até contracenar com os atores, o teatro de rua é marcado por uma intenção explicita de criar encenações para ser apresentadas em espaço publico.

Ocorreu em Porto Alegre, entre os dias 01 e 12 de Abri o 3° Festival de Teatro de Rua. Entre a programação, pude assistir no dia 10 de Abril no Brique da Redenção ao espetáculo “La Perseguida” do Grupo de Teatro VagaMundo,de Santa Maria/RS.

Fantástico! No espetáculo Rabito espera pelo seu grande amor, como uma metáfora para tudo aquilo que perseguimos na vida, metaforizados na peça pela figura de uma mulher. Como todos nós, em meio à procura por um sentido maior, Rabito preenche-se de esperança. É um palhaço de vida, daqueles que rodam a mundo dissipando a alegria. Contando com a brilhante atuação de Daniel Lucas, que conduz o espetáculo de uma forma leve e interagindo com o publico. Esse é o espírito do teatro de rua, encenado para quem queira assistir, sem qualquer regra ou cobrança.

"Será que o teatro de rua estaria apartado da contemporaneidade?" Essa questão foi estabelecida como base para a 3° edição do Festival, consolidando pontes entre o tradicional e o contemporâneo. Atualmente, podemos constatar o espaço conquistado por essa modalidade teatral, a partir da existência, de grupos em diversas localidades do país, neste ano o Festival em Porto Alegre contou com dez grupos, sendo que no anterior foram apenas dois grupos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...