sábado, 18 de janeiro de 2014

Gestos Sonoros

Gesto ao Som - A ideia foi transposta para um grupo musical, no entanto, não nasceu durante um show, ensaio ou gravação, e sim em uma sala de aula, quando Bruno Duarte, em uma sessão de musicoterapia, buscava uma maneira viável de comunicação com um aluno surdo e, também, portador de déficit cognitivo. O então musicoterapeuta, percebeu que teria que alterar sua própria percepção, desconstruir o repertório já praticado com outros alunos e trabalhar a partir das possibilidades que aquele aluno especial lhe oferecia. A junção da vibração do tambor e gestos foi o caminho encontrado para que a comunicação acontecesse.
Paralelamente a esse processo, Bruno entrava em contato com as principais referências para a idealização do Gestos Sonoros: a Soundpaiting - língua de sinais criada pelo americano Walter Thompson para composição e regência de músicos, bailarinos e atores, e a Paisagem Sonora - conceito criado pelo canadense Murray Schafer que considera a importância de todo o entorno acústico. Tais linguagens e conceitos, somados ao novo repertório de sinais que criara, já indicavam um possível caminho para a formação do grupo. Mas foi somente quando estudou condução de improvisação com Santiago Vasquez, que Bruno começou a transpor o repertório próprio para um grupo de músicos. Assim surgiu no ano de 2009.




Fonte: gestossonoros.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...