terça-feira, 21 de janeiro de 2014


CURITIBA, SERRA DO MAR, MORRETES E ANTONINA

Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de viajar. Sozinha. E sem roteiro definido.
Eu havia saído de um emprego de 5 anos em uma grande empresa, precisava mais do que nunca de uma boa viagem. Logo de cara pensei em Curitiba. Entrei no site da Gol, comprei a minha passagem, coloquei meu all star branco (que me acompanha em todas as trips) fechei a mala e f-u-i! Cheguei em Curitiba por volta das 6h da tarde. O dia tava nublado... chuvoso. Do aeroporto peguei um ônibus que me deixou na esquina do hostel, que fica bem próximo ao shopping Estação, onde já no primeiro dia aproveitei pra conhecer o Museu do Trem. (No caminho passei pela famosa Avenida das Torres e pude ver que o nome faz jus ao que se vê)
No dia seguinte, peguei a Linha Turismo ao lado do Shopping Estação. Paguei R$12,O0 e a passagem deu direito a descer em 5 pontos turísticos de Curitiba. Escolhi o Jardim Botânico, Parque Barigui,
No dia seguinte, meu 3° dia de viagem, fui até a estação férrea de Curitiba e comprei uma passagem de trem para Morretes pela Serra do Mar. Achei um pouco caro a passagem R$84,OO em vagão turístico com serviço de bordo (um lanchinho em uma caixinha de papelão semelhante a do Mc Lanche Feliz). Gente, foi a melhor coisa que eu poderia ter feito!!! A viagem no trem dura em torno de 3 horas e a paisagem é incrível (prova disso, são as fotos no final desse post). O vagão que eu viajei estava lotado, eu era a única brasileira junto com um casal que estava em lua de mel. Os demais companheiros de vagão era todos "gringos". A guia, que achou que eu era "gringa" também falou em inglês a maior parte do tempo e só quando chegamos em Morretes que ela descobriu que eu era gaúcha.
Morretes é uma cidade super pequena, as pessoas vivem da pesca e do artesanato sempre a espera do trem, que todos os dias chega no mesmo horário - próximo às 11h da manhã. Eu contratei um serviço de guia no dia que comprei a passagem do trem, ele já estava a minha espera em na estação em Morretes. O casal que estava em lua de mel se juntou a nós.Os demais turistas se "dispersaram" pela cidade. Éramos um grupo de 4 pessoas e mais o motorista da vãn. Aproveitamos a manhã para conhecer Morretes e depois seguimos para Antonina, onde almoçamos o famoso "Barreado"... muito bom!Provamos vários tipos de cachaça. E na tarde, caminhamos pelos pontos históricos da cidade, visitamos museus e feirinhas de artesanato. A volta para Curitiba foi de vãn, pela serra. Bacanérrimo!
No meu último dia de viagem pela manhã peguei novamente a linha turismo e parei em alguns outros pontos de Curitiba. Amei o Museu Oscar Niemayer, realmente incrível. A tarde fui para o aeroporto e peguei meu voo de volta a Porto Alegre. Super indico pra vocês conhecerem Curtiba, uma cidade limpa, um povo educado que respira cultura.

>> Esqueci de contar pra vocês da Lauren, uma pernambucana arretada que conheci no hostel. Prometo que em outro momento conto aqui sobre nossos passeios pelas noites curitibanas. Outra coisa que eu super indico é Roma Hostel, que fiquei hospedada, filiado ao HI
diária super em conta e o café da manhã maravilhoso!

Aqui algumas das fotos da trip!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...