sexta-feira, 27 de setembro de 2013

O Tempo e o Vento



Fui assistir O Tempo e o Vento e estou completamente apaixonada pela fotografia do filme. Senti um orgulho (ainda maior)de ser daqui e da cidade de Bagé onde foram rodadas as cenas do filme que conta a história da família Terra Cambará e de sua principal opositora, a família Amaral, durante 150 anos, começando nas Missões até o final do século XIX. Sob o ponto de vista da luta entre essas duas famílias, são retratadas a formação do Rio Grande do Sul, a povoação do território brasileiro e a demarcação de suas fronteiras, forjada a ferro e espada pelas lutas entre as coroas portuguesa e espanhola.

Além de ser uma notável história épica, plena de heróis como Capitão Rodrigo e o índio castelhano Pedro Missioneiro, O Tempo e o Vento é uma profunda discussão sobre o significado da existência, da resistência humana diante das guerras. Por isso, para a adaptação cinematográfica, tomamos como estrutura o olhar feminino da quase centenária Bibiana Terra Cambará. Em meio ao cerco do casarão de sua família pelos Amarais, ela se valerá de sua memória, sempre deflagrada em noites de vento, para lembrar e contar sua história e as de seus antepassados. E, assim, resistir ao tempo e protestar contra a morte.

Quem ainda não assistiu, fica a minha dica para o final de semana que está chegando.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...