domingo, 3 de março de 2013

Rastro Urbano de Amor!

Era um sábado de manhã... Eu, com uma xícara de chá nas mãos, trocava todos os canais da tv, em busca de algo pra ver enquanto esperava a hora passar... Até que parei na TV CULTURA e estava passando um programa de entrevistas com duas gurias que falavam de um projeto chamado RUA ou Rastro Urbano de Amor. Nem preciso dizer que me identifiquei totalmente.

"Somos um coletivo criativo, um grupo de jovens inquietos por transformar a cidade em um lugar mais aprazivel, poético e humano. Queremos provocar sorrisos, Fazer uma quebra na rotina das pessoas que transitam pela sua cidade. O ambiente urbano é voraz e queremos que nossas intervenções, de alguma maneira, sejam um respiro no meio do caos, sejam um alento, um questionamento, uma provocação. É a arte criada na rua para transformar o mundo, a ideia é que em algum momento, mesmo que a intervenção seja efêmera, consiga intervir positivamente na vida cotidiana das pessoas"

O Rastro Urbano de Amor tem no currículo a edição Porto Alegrense do Aqui Bate um Coração, duas edições do Serenata Iluminada da Redenção( produzida colaborativamente com outros grupos) e o Poesia Ex pressa.
Todas essas intervenções urbanas tem o sentimento de levar as pessoas novas experiências com a cidade, seja através de corações em estátuas, novas experiências em um parque até poesias na rua.

Aqui Bate um coração
Intervenção urbana ideliazada pelos amigos Rodrigo Guima, Carla Meireles, Gabi Brites e Tati Weberman foi resposável pelos primeiros passos do RUA. A versão Porto Alegrense foi a primeira vez em que os articuladores se reuniram: o projeto tem como objetivos dar corações à estátuas de concreto, tirando as pessoas do lugar comum, fazendo com que elas sorrissem, além de lembrar que sempre existe amor, mesmo no meio do caos. De certa maneira também serviu para chamar atenção ao estado de abandono que muitas vezes se encontra esses monumentos.

SERENATAS
A primeira e segunda edição do Serenata Iluminada na Redenção teve como objetivo ocupar o Parque da Redenção á noite e se apropriar dos espaços públicos da cidade, quando os parques costumam tornar-se uma área não utilizada. A serenata também teve o objetivo de estimular melhorias na iluminação e segurança do local. Sabemos que um local público só é seguro quando há ocupação pacifica e cultural dando um novo significado e uso para o local.

Foram 1.5 mil no primeiro evento . Na segunda versão (com temática junina) foram mais de 4 mil participações. Toda a articulaçao foi vida rede social( facebook).
Muitas outras ações de ocupação ocorreram após a serenata iluminada, mostrando que a população quer utilizar os parques a noite.

Poesias EX pressa
Nesta intervenção mapeamos locais, por vezes de grande importância para Porto Alegre, e outras invisíveis aos olhos de quem simplesmente passa! Foram 11 locais que ganharam os poemas: Escadaraia da Borges, Mercado Público, Cine Capitólio e Coral, passando pelos bares Ocidente, Lancheria do Parque até faixas de segurança como no cruzamento da 24 de outubro com Hilário Ribeiro. A autoria dos poemas conta com Carlos Drummond de Andrade, Caetano Veloso, Arnaldo Antunes, Cartola e até Los Hermanos, entre tantos outros.


>> A próxima intervenção do RUA será 11/04. Bora acompanhar galerê?



Um comentário:

  1. Eu quero ir na Redenção dia 01/06!
    Adorei essa ideia!

    E continua no blog, okey?

    beijos amiga, te adoro!

    biaschultz.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...